quinta-feira, 7 de outubro de 2010

OS TRÊS ASPECTOS DA GRAÇA SALVADORA

11 Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens, 12 educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente, 13 aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus, 14 o qual a si mesmo se deu por nós, a fim de remir-nos de toda iniqüidade e purificar, para si mesmo, um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras. (Tito 2.11-14)
Para entendermos este texto necessário é entendermos à luz das Escrituras 3 palavras inseridas no versículo 11: Graça, Manifestação, Salvação.
Graça é favor imerecido. Favor que o homem não merece mas que Deus concede a ele livremente, por sua soberania. Graça tem a ver com misericórdia, ou seja, Deus viu a situação do homem, miserável, no entanto teve por ele misericórdia (miséria – cardia/coração – misericórdia é quando Deus põe o seu coração na nossa miséria). O homem merecia algo (condenação), mas Deus por misericórdia concede a ele um favor que ele não merece. Através da graça de Deus na vida do homem, ele outrora morto, é salvo, justificado e habilitado a viver bem e a encontra suficiência, regozijo e satisfação em sua vida.
Manifestação: “A Graça se manifestou”. Manifestar é aparecer repentinamente, essa palavra tem a ver com algo que aparece e não há como impedir. Ela tem a ver com a intervenção divina para socorrer. É semelhante ao sol que aparece e começa a brilhar cada vez mais forte, e não há como impedir os seus raios nem sequer fazê-lo vir ou ir embora ou nem mesmo impedi-lo de brilhar e lançar fora as trevas.
Salvação: “Manifestou-se salvadora”. Salvação segundo o contexto bíblico é ser salvo de um perigo, é um livramento tanto do corpo como da alma. Salvação é um estado de perdão e segurança tanto no presente, como no futuro.
Através de sua graça ou misericórdia, seu favor imerecido, quando Deus viu a cada um de nós, mortos em delitos e pecados, Ele se manifestou na história, ou seja, interviu na história sem haver maneira de impedi-lo. Assim como o raio do sol que lança fora as trevas, Ele, Deus se manifestou na vida do ser humano lançando fora as trevas. Essa Graça atingiu o homem lançando fora de sua vida as trevas e fazendo receber de graça a salvação”.
Por isso esse texto relata o cumprimento profético de Malaquias 4:2:a vós que temeis o Senhor nascerá o sol da justiça trazendo a salvação nas suas asas”. Então meditaremos sobre os 3 aspectos da graça salvadora. Graça essa que se revelou, que se revela e que se revelará tão somente pela disposição do Senhor em salvar o homem pecador. Por isso 3 aspectos da graça salvadora são aspectos são passado, presente e futuro. Vejamos:
1 – ASPECTO PASSADO DA GRAÇA
A Graça se manifestou salvadora (14)
No passado a graça de Deus se manifestou. Mas como ela se manifestou? Manifestou-se salvadora a todos os homens, ou seja, Deus interviu no passado, na história trazendo salvação. Salvação essa aberta e livre para todos os homens. Veja que esse texto fala da UNIVERSALIDADE DA SALVAÇÃO. A salvação que Deus ofereceu aos homens no passado foi livre e aberta a todos os homens independente do que sejam ou fazem. Essa salvação era necessária para todos os homens, porque todos estavam mortos em delitos e pecados. Ela veio no passado através de Jesus Cristo, pois Ele é o Sol que irrompe no meio da trevas lançando fora tudo o que não presta no ser humano. Por isso Ele denominou-se a luz do mundo. Observemos Tito 3:3-6: “Pois nós também, outrora, éramos néscios, desobedientes, desgarrados, escravos de toda sorte de paixões e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiosos e odiando-nos uns aos outros. Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos, não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo”.
Então qual é o primeiro aspecto da graça salvadora? É que no passado ela se manifestou salvadora em Cristo Jesus, livre para todos os homens, inclusive você. O que isso nos faz entender meu amigo e irmão? Nos faz entender que por causa da universalidade da graça todos nós nos tornamos INDESCULPÁVEIS. Não há como eu dizer que não sei como fazer para ir ao céu, que não sei o caminho. O caminho é só Jesus. Aceite-o antes que seja tarde, pois Deus já manifestou sua graça salvadora.
2 – O ASPECTO PRESENTE DA GRAÇA
12 educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente
No texto original bíblico (grego) existe um tempo verbal que não existe no português, chamado AORISTO. O aoristo nos diz que uma ação realizada no passado ela não encerra no passado. O aoristo nos ensina sobre algo que aconteceu no passado tem reflexos e permanece presente no presente e no futuro. E é exatamente esse tempo verbal que está manifestado nesse texto. Ou seja, o aspecto da graça salvadora que se manifestou no passado em Cristo Jesus continua se manifestando em nós hoje, no tempo presente.
Então se a graça se manifestou em Cristo Jesus permanece manifestando-se hoje, queremos dizer que Cristo deve vir e morrer de novo na cruz ou que aqueles que aceitaram a Cristo no passado, devem aceitá-lo hoje novamente? Não!! Só deve aceitá-lo hoje quem ainda não o aceitou, mas para aquele sobre o qual o “SOL” já brilha, o que deve acontecer é permitir que o brilho dos raios deste sol lance fora dia a dia as trevas da sua vida.
Por isso a graça se manifesta, nos diz o texto, hoje, corrigindo-nos, ensinando-nos, exortando-nos (12). O termo “educar” transmite a idéia de disciplinar. E por isso a graça que se manifesta no presente possui 3 características, vejamos:
2.1 – Característica Negativa
A - Renegada a impiedade, ou seja, devemos quebrar todo vínculo com tudo aquilo que é obra de ímpio. Obra de ímpio é tudo aquilo que é irreverente ou tudo aquilo que não tem nada a ver com Deus. O sol brilha em nós para lançar fora todas as trevas que houver dentro de nós. A graça salvadora de Deus em Cristo Jesus se manifesta em nossas vidas no presente primeiramente de forma negativa, ou seja, fazendo-nos dizer NÃO a tudo aquilo que for obra de ímpio em nossa vida. A graça salvadora de Deus revelada em Cristo no presente, me ensina, me corrige, a renegar todo o pecado em mim (LER I CORINTIOS 6:9-11). “Tais fostes alguns de vós”...
B – Renegadas as paixões mundanas. A graça salvadora no presente me educa, me corrige, me ensina para renegar, a quebrar todos os vínculos com as paixões mundanas. O Sol que brilha em mim agora me faz romper com tudo aquilo que me deixava “apaixonado” pelo mundo. Já falamos com os irmãos qual é a idéia do judeu concernente a palavra paixão. Paixão é um sentimento voraz, animalesco, bestial, incontrolável, egoísta, violento. A 1ª carta de JOÃO 2:15-17 diz: “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente.”. Portanto “que adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?”
2.2 – Característica Positiva
O crente não deve ser conhecido somente por aquilo que ele não faz, mas também por aquilo que ele faz. A graça salvadora de Deus revelada em Cristo Jesus, que enfatiza em mim o Sol da justiça, e este Sol deve brilhar cada vez mais em mim. Ele me faz fazer algo em relação as coisas. A graça me educa, me ensina, para que VIVAMOS neste mundo, e vivamos de três formas: Sensata, justa e piedosamente. Observemos como se subdividem esses três pontos.
A) Sensata: (eu para comigo mesmo) Tenho vivido e me comportado como cristão? Meu corpo tem sido templo do Espírito Santo, meus filhos têm andado e se vestido como cristão, como os vizinhos me conhecem?
B) Justa: (Eu para com o próximo) Tenho pagado em dia minhas dívidas? tenho defraudado alguém? Como tem sido os meus adjetivos: linguarudo, fanático, falso, fofoqueiro, enrolado, sepulcro caiado?
C) Piedosa: (Eu para com Deus) Tenho tido vida de piedade (oração, meditação, vir regularmente à igreja, compromissos religiosos tais como: envolvimento na obra, ânimo para o trabalho, dízimos e ofertas, será que não tenho sido pedra de tropeço? Se o Espírito Santo sondasse meu coração veria em mim um servo consagrado?
2.3 – Característica de Expectativa.
Esse sol que brilha em mim, me corrige, me ensina para que eu viva uma vida de expectativa “aguardando a bendita esperança...” A graça de Deus me faz aguardar com o coração inflamado, numa esperança incontida a volta de Cristo. A Graça de Deus me faz estar preparado para tudo em minha vida, estar diante Dele e em constante vigília, pois eu sei que Ele há de voltar.
RELEMBRANDO: Entendemos então o aspectos da graça salvadora de Deus, que são, o Aspecto Passado pois a graça de Deus se manifestou livre e aberta para todos os homens em Cristo Jesus nos fazendo indesculpáveis. Também o Aspecto Presente o qual a graça se manifesta me ensinando de forma negativa a dizer não à impiedade e às paixões mundanas, MAS, também dizendo sim, ou seja, vivendo de forma sensata em relação a mim mesmo, vivendo de forma justa em relação ao mesmo próximo e vivendo de forma piedosa em relação a Deus. Esta é a graça que se manifesta no presente. Mas ainda temos um outro aspecto que se manifesta em Cristo Jesus, que é o aspecto futuro.
3 – O ASPECTO FUTURO DA GRAÇA
13 aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus
Além da graça Ter sido manifesta, além da graça se manifestar atualmente, ela também se manifestará plenamente no futuro. Assim como o sol que se levanta pela manha e seus raios começam a brilhar, depois brilham mais e finalmente ao meio dia ele brilha com toda a intensidade e força, ao ponto de não podermos fitar os nossos nele, devido a intensidade dos seus raios. A graça também se manifestará plenamente no futuro. Mas como ela se manifestará? Exatamente quando Cristo voltar.(13) “Aguardando a bendita esperança e a MANIFESTAÇÃO DA GLÓRIA”. Observe que o texto diz não da graça, mas a manifestação, ou seja, do fulgor do brilho.
Amados irmãos não vos enganeis a graça de Cristo Jesus se manifestará com toda intensidade na volta dele. Por isso a bíblia registra claramente o resultado dos acontecimentos em nossos últimos dias tais como: maremotos, inundações, pestes, fome, violência, guerras, etc...
Se não conseguimos fitar os olhos no sol quando ele brilha em toda a sua força, como poderemos no dia da sua volta contemplar a face de Jesus? Observemos Apocalipse 6:15-17 “os reis da terra, os grandes, os comandantes, os ricos, os poderosos, e todo escravo e todo livre se esconderam nas cavernas e nos penhascos dos montes, e disseram aos montes e aos rochedos: caí sobre nós, e ESCONDEI-NOS DA FACE DAQUELE QUE SE ASSENTA NO TRONO E DA IRA DO CORDEIRO, porque chegou o grande dia da ira Deles e quem pode suster-se?” Todos veremos a manifestação da glória de Cristo.
Mas o quem tem a ver o aspecto futuro da graça de Deus, para que se manifestará, segundo o texto? “com o fim de remir-mos de toda iniquidade e purificar um povo exclusivamente seu” (v.14). Meu amigo e irmão a graça se manifestará porque Deus te ama por isso abriu livremente a graça salvadora Dele para que nós entendamos que podemos Ter segurança em nossa vida espiritual tanto para o passado como no presente e para o futuro.
Veja o que diz a II Pedro 1:16-19: “Porque não vos demos a conhecer o poder e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo seguindo fábulas engenhosamente inventadas, mas nós mesmos fomos testemunhas oculares da sua majestade, pois ele recebeu, da parte de Deus Pai, honra e glória, quando pela Glória Excelsa lhe foi enviada a seguinte voz: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. Ora, esta voz, vinda do céu, nós a ouvimos quando estávamos com ele no monte santo. Temos, assim, tanto mais confirmada a palavra profética, e fazeis bem em atendê-la, como a uma candeia que brilha em lugar tenebroso, até que o dia clareie e a estrela da alva nasça em vosso coração”. A luz que brilhou está brilhando e brilhará com toda sua extensão.
Neste momento eu quero clamar, quero persuadir; se preciso for com até mesmo meu próprio sangue para que você creia na graça salvadora de Deus, e livre a sua vida da condenação quando você tiver que contemplar da face de Cristo e experimentar da ira do Cordeiro.
















2 comentários:

  1. A mensagem esta muito boa mas aletra esta muito pequena, difícil de ler.

    ResponderExcluir