quarta-feira, 28 de maio de 2014

BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA”.

APOCALIPSE 17.3-5: “Transportou-me o anjo, em espírito, a um deserto e vi uma mulher montada numa besta escarlate, besta repleta de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres. 17.4   Achava-se a mulher vestida de púrpura e de escarlata, adornada de ouro, de pedras preciosas e de pérolas, tendo na mão um cálice de ouro transbordante de abominações e com as imundícias da sua prostituição. 17.5   Na sua fronte, achava-se escrito um nome, um mistério: BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA”.
Essa postagem é uma síntese da pregação que ministrei na igreja que pastoreio, Igreja Presbiteriana Central de Rio Novo do Sul, neste último domingo, 25/05/2014.
INTRODUÇÃO
A partir do capítulo 12, o livro do Apocalipse revela-nos 04 inimigos de Cristo e sua Igreja: o Dragão (Satanás), a Besta que emerge do Mar (o Anti-Cristo e seu poder opressor), a besta que emerge da Terra (o Falso Profeta e sua falsa religião) e a Grande Babilônia. Essa mensagem tem por objetivo traçar o perfil, identificar e contextualizá-la, bem nos dar alguns caminhos práticos, em relação ao nosso relacionamento com a Grande Babilônia.
                 1)      A REVELAÇÃO DA GRANDE BABILÔNIA POR MEIO DE SUA NATUREZA - QUEM É BABILÔNIA? A Babilônia da qual João fala aqui é algo que vai além da do papa e da Igreja Católica, além da cidade de Roma e dos excessos de luxúria dos imperadores. BABILÔNIA NÃO É UMA CIDADE FÍSICA; É UMA CONDIÇÃO ESPIRITUAL. Babilônia é a igreja meretriz! É a igreja prostituída, dentro da igreja. Babilônia é o mundanismo em seu grau mais baixo.  Babilônia são todos os crentes professos que amam os favores do mundo. Babilônia, é qualquer igreja, qualquer ministério, qualquer ministro, é qualquer “crente”, associado ao mundo!
Babilônia é gente, é organismo, é associação, é religião; é um pensamento, é uma ideia que foi seduzida pela “mentalidade do mundo”. Babilônia é gente que não tem freio, não tem limites, não tem regras em sua forma de viver. São pessoas sem pudores em seus desejos e apetites. É gente que diz gostar de “meninos e meninas...” Babilônia é o cão que voltou ao vômito; é a porca que se revolve no lamaçal. Babilônia é o pensamento e a disposição de transformar a nossa cidade, o nosso estado, o país, e quiçá, o mundo num grande bordel, num enorme esgoto jorrando suas sujeiras.
É por isso Babilônia é ao mesmo tempo uma cidade que jorra pecado, e uma mulher, vestida de roupa de prostituta, uma mulher bem resolvida, que faz questão de exibir a quem quer que seja o seu título da fronte: “Mãe das prostitutas da terra”. Ela está  “satisfeita com seu jeito de ser” – Apocalipse 18:7: “O quanto a si mesma se glorificou e viveu em luxúria, dai-lhe em igual medida tormento e pranto, porque diz consigo mesma: Estou sentada como rainha. Viúva, não sou. Pranto, nunca hei de ver!”.  Veja que, enquanto “cidade do pecado”; sua pecaminosidade atingiu a borda.
                2)      A ASSOCIAÇÃO DE BABILÔNIA – Em Apocalipse 17:2 vemos que Babilônia associa-se, faz "parceria":
a)   Com os Líderes da terra: 17.2 “com quem se prostituíram os reis da terra; e, com o vinho de sua devassidão, foi que se embebedaram os que habitam na terra”. Quando você vê pessoas como ex prefeita de São Paulo, Martha Suplicy, mulher que foi criada numa família tradicional, defender abertamente projetos de  lei para retirar o nome “pai e mãe” da carteira de identidade, ou leis para que as histórias infantis haja o “casamento do príncipe  com outro príncipe”... Você está vendo Babilônia associando-se, seduzindo, e prostituindo-se com lideres. Quando você vê Deputado Federal Jean Willis legislando, criando leis “pró casamento” de pessoas do mesmo sexo, você está vendo a Babilônia em atividade. Quando você vê Barak Obama e, até ex pastores Presbiterianos (que certamente apostataram-se das fé, estes são apóstatas, “filhos da perdição”) defendendo a relação “homo-afetiva” e dizendo-se favoráveis ao casamento de pessoas do mesmo sexo,  você vê Babilônia “seduzindo e prostituindo-se com os reis da terra”.
b)      Babilônia associa-se também com o Anti-Cristo e o Dragão (diabo) – esta é a MENTE por trás de toda investida do mundanismo mundial (Babilônia). Apocalipse 17.3   Transportou-me o anjo, em espírito, a um deserto e vi uma mulher montada numa besta escarlate, besta repleta de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres (confira com Ap. 12:3,4,9,12). ISSO TODO CRENTE JÁ SABE; POR TRÁS DE TODO LAMAÇAL EXISTENTE NO MUNDO, ESTÁ SATANÁS: Efésios 6.11,12:  “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; 6.12   porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes”.
                 3)      O MODO DE BABILÔNIA AGIR – BABILÔNIA AGE E 2 MANEIRAS:
      a)      Sedução e Encantamento – Semelhante a Absalão (2 Samuel 15:6), Babilônia furta o coração mostrando “brilho, ouro, púrpura, poder, fama, status”. Apocalipse 17.4   Achava-se a mulher vestida de púrpura e de escarlata, adornada de ouro, de pedras preciosas e de pérolas, tendo na mão um cálice de ouro transbordante... O SEU MUNDO (DE BABILÔNIA) TEM MUITO BRILHO, OURO, PÉROLAS... Boa parte dos grandes cantores, especialmente, os negros americanos, eram crentes, que aprenderam música nos corais das igrejas... foram seduzidos pelo brilho, pela fama, e pelo ouro de Babilônia, e isso está acontecendo no Brasil.
    b)      Perseguição e Opressão. O cálice de ouro da Babilônia está “transbordante de abominações com as imundícias da sua prostituição (17:4). Veja 17:6: “... vi a mulher embriagada com o sangue dos santos, e com o sangue das testemunhas de Jesus”.
Quem recusa a sedução de Babilônia será perseguido – A Palavra já havia dito isso em  2 Timóteo 3.12: “ Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos”. A “Santa Inquisição” matou mais cristãos sinceros QUE HITLER, ela matou mais de 10 milhões de cristãos – Na época de João, os cristãos eram jogados nas arenas... Tá preparado para renunciar Babilônia?
               4)      O JUÍZO DE DEUS SOBRE A BABILÔNIA Apocalipse 17.1: “Veio um dos sete anjos que têm as sete taças e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei o julgamento da grande meretriz que se acha sentada sobre muitas águas”. A palavra de Deus nos mostra que o mundanismo, a iniquidade, terão o seu fim: 1 João 2.15-17:Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; 2.16   porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. 2.17   Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente”.
               5)      A ORDEM DE DEUS PARA SUA IGREJA, EM RELAÇÃO À BABILÔNIA  Ainda que sofrendo perseguição, mantenha distância da Babilônia: Apocalipse 18.4, 5:  “Ouvi outra voz do céu, dizendo: Retirai-vos dela, povo meu, para não serdes cúmplices em seus pecados e para não participardes dos seus flagelos; 18.5   porque os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou dos atos iníquos que ela praticou”.
           CONCLUSÃO
         Você viu com clareza que Babilônia é o movimento do inferno; é o mundanismo em seu grau mais baixo, que força a igreja a receber seus valores e influências. Alguns conselhos:
    Ø  Volte seus olhos para o seu Facebook. Tire tudo o que estimule a sensualidade dali. Falo diretamente para as irmãs: Vi fotos de crentes que fiquei escandalizado -  deletem todas as fotos de biquíni, fotos expressando sensualidade... Isso não convém a nós. DELETE TUDOI ISSO!! Não se torne cúmplice dos pecados da Babilônia!!
    Ø  Cuidado, jovens, com o que tem entrado em seus ouvidos, os tipos de música... Cuidado com o que entrado em seus olhos... Babilônia quer furtar seu coração....
   Ø  Cuidado com quem você tem andado, aonde você está indo... Cuidado com o tipo de relacionamento com as influências que você tem recebido... Mude os lugares onde tem isso, as festas...

    Ø  Jesus está voltando para buscar a sua noiva, Limpa o santuário!!

2 comentários:

  1. Realmente é com muito prazer que eu leio esse estudo meu parabéns por essa atitude de publicar um estudo tão polemico para quem não entende,mais muitos precisam entender o que significa essa grande meretriz,

    ResponderExcluir
  2. SE BABILÔNIA É A igreja CATÓLICA E A MÃE DAS MERETRIZES, PODE SE AFIRMAR Q AS FILHAS SERIAM TDS Q DELA SURGIRAM, CORRETO? ENTÃO O PROTESTANTISMO E OUTROS MOVIMENTOS QUE SURGIRAM DELA ENQUADRAM SE NESSES CRITERIOS, NÃO É MESMO?

    ResponderExcluir